Fabricantes ampliam oferta de compactadores de solo para atender demanda dos usuários

 A grande variedade de tipos de solo no território brasileiro: argilosos, siltiticos, lateríticos, arenosos e uma mistura entre eles, e a necessidade de tratamento e compactação do solo para construção de estradas, barragens e obras de engenharia impulsionaram a oferta de equipamentos para esse segmento. 

Segundo Rodrigo Pereira, gerente de Negócios e Produto da Bomag Marini, devido à complexidade dos solos e a demanda de compactá-los para os processos de engenharia, o mercado precisa corresponder em igualdade a essas necessidades. Assim, nos últimos anos, o país tem recebido, cada vez mais, uma presença maior dos principais fabricantes mundiais do setor, que têm trazido tecnologia de ponta, aliado à adequação dos requisitos técnicos exigidos pelos usuários brasileiros. 

Em função das características das obras nacionais, Pereira avalia que os rolos compactadores de solos tipo “single drum” de peso entre 10 e 12 toneladas correspondem a quase 60% do total comercializado. Definidos como os mais usuais, os modelos desta categoria podem ser divididos em rolo liso e rolo tipo pé de carneiro e sua aplicação vai depender das características do solo, como por exemplo: solos granulares, semi coesivo e coesivos. “Daí a importância da variedade de rolos disponíveis, determinado pela largura e peso. As características como amplitudes e frequência também são importantes, além da força de compactação empregada ao solo”, explica.

Pereira, que será palestrante no primeiro painel do Sobratema Workshop, ressalta ainda que rolo compactador de solo desempenha um papel fundamental na engenharia de construção, por criar a base sólida, em todos os sentidos, sobre a qual repousa a continuação dos trabalhos. “O equipamento com mais tecnologia embarcada pode apresentar vantagens competitivas, afinal quanto maior e mais precisos forem os elementos inseridos nos rolos, tais como: variação de frequência e amplitude; melhor utilização da força centrífuga massa vibratória e carga, aliando, ainda, baixo custo de manutenção e economia ao usuário”, analisa. 

O Sobratema Workshop, a ser promovido no dia 6 de abril, em São Paulo, tem como tema central “Compactação - Tecnologia e Conceitos”. Em termos de tecnologia, Pereira destaca a compactação de alta densidade. “Gerada pela dupla amplitude e pela dupla frequência de operação que em sincronia, permite o efeito de profundidade e uma potência de compactação altamente eficaz em menor tempo”, elucida. “Outras tecnologias amplamente utilizadas na Europa e nos Estados Unidos, e que geram cada vez mais interesse no Brasil são os medidores de compactação; sistema de controle de compactação eletrônica, com rastreamento via GPS, e a impressora para emissão de relatório “in-loco” e monitoramento à distância (telemetria)”, complementa. 

Além da Bomag Marini, no primeiro painel também estarão presentes especialistas da Atlas Copco, do Grupo Ammann e da XCMG Brasil. Para o segundo painel sobre compactação de asfalto, estão confirmadas as presenças de profissionais da Caterpillar, da Ciber Equipamentos Rodoviários (Grupo Wirtgen) e da Volvo Construction Equipment. 

Patrocionadores

Exclusive I

Realização

Apoio

Local: CBB – Centro Brasileiro Britânico - Rua: Ferreira de Araújo, 741 – Bairro Pinheiros - São Paulo - SP